Gay Games 2018: Jerry da Costa ganha mais duas medalhas e encerra sua participação em Paris com sete conquistas.

Gay Games
Jerry da Costa o ícone das medalhas

Está chegando próximo do fim a décima edição do Gay Games, que está sendo disputada em Paris. Para todos os brasileiros que fazem parte do time Espírito Brasil os dias na capital francesa serão inesquecíveis, mas um brasileiro em especial guardará para sempre na memória o que viveu por lá.

Jerry da Costa conquistou hoje mais duas medalhas – ouro no Salto Triplo e prata na Marcha Atlética 5.000m – e finalizará a competição como o brasileiro que mais conquistou medalhas em Paris 2018 – foram sete no total. Os números impressionam, já que a delegação brasileira até agora soma 19 medalhas ganhas (sem contar as duas já garantidas por times que disputam final). Emocionado, em entrevista ao canal SporTV, Jerry falou da importância do seu feito: “Infelizmente ainda vivemos em um país que tem preconceito. É importante participar de competições como essa para que as pessoas passem a olhar com outros olhos. É difícil vencer todos os dias as barreiras que a sociedade impõe”. Dedicando as medalhas a sua família, Jerry ainda completou com uma mensagem importante. “Peço que todas as famílias olhem com carinho e tratem seus filhos bem, que não descriminem eles. A gente precisa aceitar”.

O Brasil ainda conquistou mais uma medalha de prata hoje, com o time de vôlei Voleiboyz que acabou derrotado na final pelos australianos da Peackoks, em uma disputa de melhor de três sets (24-26 e 22-25). Esta acabou sendo a primeira medalha da delegação brasileira em esportes coletivos. Amanhã o Brasil ainda terá chance de ganhar uma medalha de ouro no vôlei e no futebol (ambos já na final), além de torcer para que Ana Animal ganhe seu terceiro ouro na competição, já que ela disputará a Meia Maratona, sua especialidade.

Gay Games