A foto chamou a atenção, não só pela coragem de participar dos protestos na Polônia, mas também pelo boy que apareceu em destaque. Se você estava se perguntando quem é ele, nós descobrimos e contamos!

Linus Lewandowski é engenheiro de software e campeão de natação amador. Com 28 anos já experimentou todo tipo de homofobia, até dentro de casa. Há dois anos saiu do armário e no Natal do ano passado seu pai o deserdou.

Ele disse que eu o odiava. Ele assiste à televisão estatal todos os dias. Acho que essa é a razão de sua atitude. Ele não vai mais falar comigo.

Linus Lewandowski foi deserdado pelo pai por ser gay

Vítima de vários crimes de ódio, Lewandowski já foi até preso por participar dos protestos na Polônia. Mesmo assim, ele segue lutando pelos seus direitos. Ano passado fundou um grupo de natação para gays e está em busca de um instrutor de autodefesa para treinar os membros do seu clube.

Mas não para por aí, sua cara estampada nas fotos dos protestos na Polônia o encorajou para se lançar candidato nas eleições parlamentares. “Se o governo atual cair provavelmente obteremos os direitos pelos quais temos lutado”, afirmou esperançoso.

Eu só queria poder me casar com meu namorado. Gostaria de viver uma vida normal em paz.

Linus Lewandowski fala da motivação em participar dos protestos na Polônia
Ver essa foto no Instagram

"I want cookies!" "No, we're going for a dinner!" #fight #shirtlessguys #gay

Uma publicação compartilhada por Linus Lewandowski (@tenbezkoszulki) em

Leia também: Crescimento de sentimento anti-LGBT assusta na Polônia

O país lançou uma chocante série de ataques aos LGBTs. Por lá não é possível se casar, e os integrantes da comunidade enfrentam discriminação aberta em matéria de moradia e emprego e muitas vezes são alvos de ataques violentos.

A pedido de líderes religiosos, o governo está considerando abrir clínicas para vender terapia de conversão, enquanto uma série de bairros e cidades estabeleceram “Zonas Livres LGBT” para alertar os cidadãos queer de que eles não são bem-vindos nas áreas.

Para piorar, uma pesquisa de 2019 revelou que a maioria dos homens poloneses com menos de 40 anos acredita que a homossexualidade é a “maior ameaça que enfrentam no século 21”.

Ver essa foto no Instagram

#haircut

Uma publicação compartilhada por Linus Lewandowski (@tenbezkoszulki) em

Ver essa foto no Instagram

W ten weekend relaks 😁 Fot. @rafal_belka #waterpark @go.suntago #suntago

Uma publicação compartilhada por Linus Lewandowski (@tenbezkoszulki) em

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *