Os especialistas em sexualidade continuam recebendo as mais diferentes histórias para dar seus conselhos. Julia Naftulin, da Insider, recebeu uma dúvida no mínimo curiosa: Um homem de 20 anos que só transa com mulheres, mas não consegue deixar de fazer pegação com homens no Grindr.

Se considerando heterossexual, o leitor afirma que só transou com mulheres até agora, mas ultimamente passa horas conversando com homens no Grindr, segundo ele, sem intenção de encontrar pessoalmente. Ele diz que gosta apenas de ficar flertando no aplicativo.

Leia também: Homem só se relaciona com caras não atraentes e não sabe porque continua fazendo isso

Porém, uma única vez ele “avançou o sinal” e se permitiu conhecer um dos caras. Segundo o leitor, apesar do início do encontro ter sido bom, as coisas foram ficando sexuais demais. O mais estranho é que em seu relato ele afirma que quando viu o pênis do outro, “surtou e fugiu imediatamente”.

Depois do relato ele questionou a especialista por que teria regido daquela forma e se isso comprova que ele é certamente heterossexual. Por fim ainda pediu ajuda para entender por que ele gosta de ir ao Grindr falar com homens quando está com tesão.

Julia começou sua resposta dizendo que é normal queremos nos encaixar em um determinado padrão apenas quando falamos de sexualidade. “Amamos categorizar os outros e a nós mesmos, por que isso torna a vida mais fácil”, explicou a especialista.

Lembrando que a sexualidade é mais complexa do “preto ou branco”, Julia ainda lembrou que os desejos podem ir mudando com o passar do tempo. Ainda, lembrou que a forma como foi criado pode estar influenciando como ele lida com sua sexualidade.

Se um parente próximo costumava falar negativamente sobre os gays, por exemplo, esse sentimento pode ter impactado a maneira como você subconscientemente vê esse tipo de relacionamento e o impedido de explorar sua própria sexualidade.

Especialista fala sobre como a criação pode ter impactado na forma como leitor lida com sua sexualidade.

Por fim, ela encoraja o leitor a experimentar novas possibilidades e lembra que parece que ele, de alguma maneira, já começou a fazer isso. “Flertar no Grindr é uma ótima maneira de estimular a exploração sexual e você não deve ter vergonha disso”, explicou a especialista.

One thought on “Ele só transa com mulheres, mas não consegue parar de falar no Grindr”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *